Conheça alguns segredos que só os funcionários das companhias aéreas e alguns passageiros mais curiosos e experientes conhecem e fique maravilhado com estes detalhes.

27-09-2017 21:55
Conheça alguns segredos que só os funcionários das companhias aéreas e alguns passageiros mais curiosos e experientes conhecem e fique maravilhado com estes detalhes.

Há segredos muito bem guardados nos aviões: alguns são conhecidos apenas pelos funcionários, outros também por alguns passageiros mais experientes. Para aqueles que têm pouca experiência neste tipo de programa poderão descobrir aqui as 10 coisas que os aviões têm e que desconhecia.

1 - Corrimão na asa

Para usar a escada de emergência, é preciso passar pela superfície escorregadia da asa, logo existe o risco de alguém cair. Foi a pensar nisso que foi criado uma espécie de corrimão especial: um objeto amarelo por onde se pode passar uma corda que vai da saída até a escada de emergência. Se segurarem na corda, os passageiros podem sair da aeronave.

2 - Machado no cockpit

Segundo a legislação de aviação de vários países, o machado está na lista de ferramentas de emergência, e geralmente fica na cabine atrás do assento do piloto. Com a ajuda do machado, é possível abrir uma porta emperrada ou abrir um espaço para passagem, por exemplo: na fuselagem dos aviões, existem marcas que indicam onde seria melhor abrir uma saída de emergência.

3 - Furos nas janelas

As janelas dos aviões são formadas por três vidros: o externo é capaz de aguentar mudanças de pressão; o interno protege de danos pelo lado de dentro, e o do meio tem um furo que regula o fluxo de ar. Graças a ele, é possível equilibrar os níveis de pressão e também evita que fique tudo embaçado.

furo janela
créditos: Pixabay

4 - Unidade adicional de potência

Quando o avião aterra, sempre ouvimos um barulho apesar de os motores não estarem a funcionar. O ruído é produzido, por uma unidade auxiliar de energia, que possibilita o funcionamento dos sistemas do avião quando os motores estão desligados, e serve também na descolagem. É uma pequena central de energia muito útil especialmente em terminais mal equipados, onde existe o risco de não haver uma manutenção adequada.

5 - Federal Air Marshal

Funcionários da Federal Air Marshal Service, uma agência norte-americana de segurança, viajam à paisana e podem resolver eventuais conflitos ou até mesmo neutralizar um possível terrorista. O serviço funciona em países como Estados Unidos, França e Canadá.

federal
créditos: Universal Pictures

6 - Quartos de descanso para a tripulação

A maior parte dos aviões possuem pequenos quartos secretos onde os membros da tripulação podem descansar durante voos longos. Os espaços costumam ser pequenos, muitas vezes apenas com um beliche e em alguns casos é preciso entrar nos quartos de gatas.

7 - Corrimão na saída de emergência

Estes apoios são mencionados principalmente para os comissários de voo. Com a ajuda destes apoios, a tripulação evita cair no chão ou ser empurrada para fora do avião durante uma eventual emergência. Ao segurar no corrimão, o funcionário pode realizar a evacuação dos passageiros sem perder o equilíbrio.

8 - Sistema de controlo ambiental

Já parou para pensar de onde vem o ar que respiramos dentro de um avião? Este ar passa pelos compressores dos motores. Talvez por este motivo tenha existido o boato de que o ar nos aviões é muito sujo. Mas não há o que temer: antes de chegar aos pulmões dos passageiros e tripulantes, o ar passa por um processo de refrigeração e purificação, com o uso de filtros que retêm até 95% das bactérias.

9 - Berço de cooper

Este objeto surgiu após um crime nunca solucionado: um homem de nome D. B. Cooper sequestrou uma avião, conseguiu receber o resgate e fugiu de paraquedas. Desde então, os aviões Boeing e Airbus têm um mecanismo especial chamado "berço de Cooper", que impede a abertura das portas durante o voo. Mas mesmo sem este mecanismo, abrir a porta só poderia ser feita por uma equipa de especialistas, devido à diferença de pressão.

berço de cooper

10 - Triângulo preto

Talvez já tenha percebido que alguns aviões trazem um símbolo em forma de triângulo preto. Segundo um piloto da Airbus A320, eles indicam os lugares de onde é possível observar melhor as asas da aeronave. A observação pode ser necessária caso os sensores não funcionem e os pilotos fiquem em dúvida quanto ao posicionamento dos flaps. Felizmente, isso acontece pouquíssimas vezes.

Leia também:

Voltar