Cruzeiro à deriva na Noruega. Mais de 1300 pessoas retiradas.

23-03-2019 16:55

Um navio de cruzeiro com cerca de 1300 passageiros a bordo encontra-se, este sábado, à deriva na costa norueguesa, enfrentando um estado de tempo adverso, com vento forte.

O navio de cruzeiro Viking Sky lançou um sinal de socorro, reportando problemas no motor, em condições meteorológicas adversas", comunicou no Twitter o serviço de resgate marítimo da Noruega. A embarcação conseguiu voltar a ligar um motor e ficou ancorada a cerca de 2 quilómetros da costa, informou a mesma fonte à Reuters.

Várias embarcações e quatro helicópteros participaram na operação de resgate, que contou com várias equipas, incluindo 60 voluntários da Cruz Vermelha Norueguesa. As autoridades iniciaram a retirada dos 1300 passageiros e dos membros da tripulação do navio, por via aérea. "Vai demorar algum tempo para retirar todos", esclareceu o responsável da operação, Andre Franck

Já foram instalados vários locais para acomodar os passageiros que vão sendo resgatados.O incidente ocorreu a cerca de 2,5 milhas náuticas da área de Møre og Romsdal (oeste da Noruega), região onde os naufrágios são frequentes.

O navio, construído em 2017, pertence à Viking Ocean Cruises, que integra o grupo Viking Cruises, fundado pelo bilionário norueguês Torstein Hagen. Segundo o site da empresa, a sua capacidade máxima de passageiros é de 930.

Segundo disse a Polícia ao jornal norueguês "VG", o vento soprava a uma velocidade de 38 nós quando o barco reportou falhas no motor.

Voltar