Nasa confirma que robô Opportunity morreu em Marte.

19-03-2019 09:30

DEPOIS DE MAIS DE 14 ANOS DE TRABALHO EM MARTE CHEGOUA HORA APOSENTAR.

Depois de mais de 800 tentativas de retomada de contato com o robô Opportunity, a Nasa (agência espacial norte-americana) anunciou nesta quarta-feira (13) o final da missão em Marte. Apelidado de Oppy, ele passou 15 anos explorando a superfície marciana.

O anúncio era aguardado desde terça-feira (12), quando a agência espacial disse ter realizado sua última tentativa de contato com o Opportunity, que não se comunicava com a Terra há oito meses. O robô "morreu" após uma tempestade de poeira que durou vários meses, escurecendo a atmosfera e impedindo que os painéis solares do Oppy recarregassem suas baterias.

É por causa de missões pioneiras como a Opportunity que haverá um dia em que nossos corajosos astronautas andarão na superfície de Marte. Quando esse dia chegar, uma parcela daquele primeiro passo será dos homens e mulheres da Opportunity, e do pequeno robô que desafiou as chances e fez muito em nome da exploração", declarou Jim Bridenstine, administrador da Nasa.

A última comunicação com o Opportunity foi feita no dia 10 de junho de 2018. As tentativas subsequentes da Nasa não tiveram resposta.O robô teve uma longevidade inesperada, visto que a previsão inicial da agência espacial era de uma missão de 90 dias, durante os quais ele percorreria 1 km - ele chegou ao planeta em 24 de janeiro de 2004. O Oppy não só superou em mais de 14 anos essa previsão, como estabeleceu um recorde extraterrestre: foi o que mais viajou em solos estrangeiros, tendo rodado 45 km em solo marciano. O local de despedida do Opportunity foi o chamado Vale da Perseverança, lugar "apropriado" para esse momento, segundo a Nasa.

O Opportunity teve um companheiro de missão em seus primeiros anos de Marte: o robô Spirit. "Gêmeo" do Oppy, ele chegou ao planeta 20 dias antes, mas encerrou sua missão depois de seis anos. "Parabéns a todo time dos Mars Rovers. Com talento e trabalho duro, vocês transformaram uma missão de 90 dias em 15 anos. Obrigado, Oppy, por mostrar a nós a beleza e maravilha de Marte. Vocês deram orgulho ao país", escreveu o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence.

A duplinha de robôs coletou uma grande quantidade de informações da superfície marciana, entre elas as evidências de que o planeta chegou a ter água líquida no passado, um indicador de que ele já teve condições para abrigar vida como conhecemos.

 

Voltar