Koenigsegg quer lançar modelo ‘popular’ por cerca de US$ 1 milhão.

13-03-2019 20:59

Koenigsegg quer lançar modelo ‘popular’ por cerca de US$ 1 milhão

A Koenigsegg é uma marca de números superlativos. Seus superesportivos têm números quase surreais de desempenho. O Agera RS, modelo mais rápido do mundo, chega a 444,6 km/h. E a marca prepara um modelo com potência de mais de 1.400 cv. Mas toda essa tecnologia tem um custo ao alcance de pouquíssimas pessoas. Por isso, seus modelos não vendem mais que uma dúzia de unidades por ano.

Eis que o fundador da marca sueca, o jovem Christian von Koenigsegg, tem planos maiores para a empresa. Ele quer deixar de ser um microfabricante e passar a ter volumes de produção na casa das centenas de unidades, e isso já em 2022. A médio prazo, ele aspira vender milhares de unidades por ano, o que já faria a Koenigsegg encostar na Ferrari.

Mas como alcançar esse objetivo? Lançando um carro popular. “Popular” à moda da Koenigsegg, claro.

Koenigsegg mais acessível

Tudo o que se sabe, por enquanto, é que esse novo modelo de entrada da marca terá um motor V8 de 1.050 cv e preço na casa de US$ 1 milhão (pouco menos que R$ 4 milhões).

Para viabilizar a produção, a marca inclusive cogita erguer uma nova fábrica, em instalações que um dia foram usadas pela Saab, na cidade sueca de Trollhatan. Hoje, os Koenigsegg são construídos em Angelholm de forma manual, o que contribui para encarecer o preço final.

De qualquer maneira, se realmente cobrar US$ 1 milhão por um exemplar, não será fácil para a sueca vender milhares de unidades por ano desse modelo “popular”…

 

Voltar