Mulher dá à luz gémeos um mês depois de dar à luz outro bebé. Os médicos não se aperceberam de que a mulher tinha dois úteros

28-03-2019 18:26

A mãe e os três bebés já tiveram alta e tudo indica que estão bem de saúde. O pai diz que estarem todos bem "é um milagre de Alá". O caso é raro, mas não é único no mundo.

Parece impossível, mas é mesmo verdade. Uma mulher no Bangladesh deu à luz de gémeos um mês depois de ter tido um outro bebé,noticia o The TelegraphA história não é normal, mas o corpo desta mulher também não, já que a mãe dos três recém-nascidos tinha um segundo útero. Os médicos do primeiro parto não deram conta.

Iti, da província de Sharsha Upazila, foi à pressa para o hospital dia 25 de fevereiro, após complicações com a primeira gravidez. Horas depois, deu à luz um rapazcompletamente normal e saudável. Mas os médicos nunca perceberam que a jovem tinha mais um parto para fazer. 26 dias depois, as águas da rapariga de 20 anos voltaram a rebentar.Desta vez, o parto foi feito através de uma cesariana e os bebés eram dois: um menino e uma menina.

Esta terça-feira a mãe os três bebés tiveram alta do hospital e tudo indica que estão bem de saúde. O médico Dilip Roy disse que, em 30 anos de carreira, nunca se tinha deparado com um caso destes. O pai dos bebés, Sumon Biswas, afirmou que tinha sido “um milagre de Alá que todos filhos tenham nascido saudáveis” e que ia “tentar manter as crianças felizes”.

O caso é raro, mas não é único no mundo. A anomalia dos dois úteros pode desenvolver-se enquanto a mulher ainda é – ela mesma – um feto. O que acontece é que não se fundem os canais que criam um útero, a vagina e o colo do útero.

Voltar