Por que o Criança Esperança arrecada bem menos que o Teleton?

20-08-2019 12:13

Com quase 11 milhões de reais arrecadados até a manhã desta segunda-feira (19), o Criança Esperança espera ver voltar crescer as doações para a campanha, mas ainda que consiga esse feito, provavelmente, vai continuar longe dos números atingidos pelo Teleton. O provável motivo é o fato de a ação social realizada pelo SBT dar espaço para as empresas que apoiam a campanha realizarem ações de merchandising, o famoso 'merchan. Apesar de contar com o apoio de grandes empresas, o Criança Esperança não permite esse tipo de publicidade durante a transmissão na TV Globo, diferente do que acontece no SBT. Silvio Santos transforma o palco do Teleton em um espaço onde as empresas possam divulgar suas marcas em troca de doações, nas mais de 24 horas que a ação fica no ar no SBT.

Talvez seja esse o motivo que faz o Teleton registrar, a cada ano, aumento nas doações, ao contrário do Criança Esperança. Nos três últimos anos, a ação voltada a atender os projetos da AACD aumentou a arrecadação de pouco mais de 27 milhões, em 2016, para quase 30 milhões em 2017, atingindo a marca recorde de 31.907.108 reais no ano passado. Já o Criança Esperança registrou queda na arrecadação no comparativo entre os dois últimos anos. Em 2018, a campanha arrecadou mais de 17 milhões de reais, quase três milhões a menos que em 2017, quando a ação para atender projetos da UNESCO arrecadou cerca de 20 milhões

A diferença entre as duas ações sociais é ainda maior se levado em conta o retrospecto dos últimos seis anos. Nesse período, o Teleton contou com quase 60 milhões de reais – R$ 59.966.618 para ser mais preciso – a mais que o Criança Esperança. Para tentar reverter o quadro de queda, a Globo fez uma importante alteração, deslocando o show da campanha de sábado para segunda-feira, ganhando, assim, um dia a mais com maior destaque na programação da emissora. A expectativa com a mudança é gerar um aumento no fluxo de arrecadação nesse 'dia extra', já que, tradicionalmente, há um engajamento maior durante a transmissão do show. A apresentação vai ao ar no lugar da Tela Quente, com a participação de Sandy & Junior, Ivete Sangalo e duetos formados por Anitta e Gilberto Gil, Iza e Karol Conka, Lulu Santos e Buchecha, e Péricles e Thiaguinho.

Voltar