TEM INGERIDO CEVADA? POIS DEVIA…

26-12-2017 23:54
Em erva, liofilizado ou em grão, este cereal, muitas vezes menosprezado, é rico em fibras e esteróis vegetais. Saiba qual é a dose diária recomendada pelos nutricionistas.

O seu efeito antioxidante é reconhecido. A erva-de-cevada, uma planta, tem propriedades benéficas dado o seu teor em antioxidantes, fibras e esteróis vegetais, com efeitos ao nível da captação de radicais livres de oxigénio. «O grão de cevada é também rico em fibras solúveis como é o betaglucano que tem sido apontado como útil na promoção de saciedade precoce e redução dos níveis plasmáticos de colesterol», refere Miguel Rego.

Habitualmente, a erva de cevada é comercializada liofilizada (em pó) e adicionada em batidos e sumos. «Alguns especialistas apontam os 15 g diários como uma dose com efeitos ao nível da redução do colesterol sanguíneo», esclarece o nutricionista, mestre em saúde pública. «Não são conhecidas contraindicações na sua utilização mas o grão de cevada, como é rico em glúten, está completamente proibida em doentes celíacos», adverte.

artigo do parceiro:
 

LOJASBRASIL.NET

Voltar